Léo Goiano comanda primeiro treino no Nacional

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012 Comments

O novo técnico foi apresentado nesta tarde, conheceu os atletas em um primeiro treino, e explicou sua filosofia de trabalho. Não devem haver dispensas no elenco, mas técnico não aceitará interferências no seu trabalho.

fmv3g0m2

ADEILSON ALBUQUERQUE | GLOBOESPORTE.COM / BRUNO TADEU | D24AM.COM / JOÃO OLIVEIRA | ASSESSORIA - Na tarde de hoje no CT Barbosa Filho, o técnico Léo Goiano comandou o primeiro treino à frente do Nacional. Em tarde nublada o novo treinador do Leão da Vila Municipal cedeu entrevista aos jornalistas e foi apresentado ao elenco de jogadores profissionais.

Livre para indicar reforços, mas sem tolerar interferências da diretoria no trabalho técnico. Essa é a metodologia do treinador Léo Goiano, que assumiu o comando do Nacional nesta quinta-feira (16), já com treinos nos dois turnos.

Apesar da restrição, ele diz “ver com bons olhos” a participação direta dos dirigentes nas atividades do time. “Isso ai é uma diretoria que quer vencer, como é o treinador e o torcedor. Então, é importante cobrar e estar presente”, afirmou Goiano. “São pessoas que estão no Nacional para fazê-lo forte, desde que cada um fique resguardado em suas funções: treinador como treinador, dirigente como dirigente e jogador como jogador”.

POSSÍVEIS DISPENSAS

Questionado se a sua chegada haveria dispensa de atletas, Léo Goiano ressaltou que em momento algum se pensou no assunto.

- Não vai ter dispensa. Na conversa que eu tive com a diretoria não tratamos sobre isso. Até porque o time está fazendo um bom campeonato e que a última derrota foi um acidente. No futebol é assim, quando um time está ganhando todos querem batê-lo – frisou.

O presidente do Leão da Vila Municipal, Luís Mitoso, adiantou que não irá permitir debandadas no elenco. “Ele tem liberdade para indicar atletas. Excluir um grupo e colocar outro, não. Diferente do que aconteceu ano passado, em que o técnico ‘limpou’ o elenco e trouxe outra leva”, lembrou Mitoso, referindo-se ao técnico Tarcísio Pugliese, que comandou o Naça na Série D do Brasileirão de 2011.

O vice-presidente Gilson Mota reiterou que não haverá dispensas no elenco. “Só se alguém pedir para ir embora”, constatou. Goiano terá esta sexta-feira (17) para tentar definir o time que irá enfrentar o rival Rio Negro, neste sábado, às 15h, no Estádio Roberto Simonsen, no Sesi, em Manaus.

PREPARAÇÃO PARA O RIO-NAL

d1350l3c

O primeiro dia de Léo Goiano, 37, como o novo treinador do Nacional Futebol Clube foi de reconhecimento do elenco. Nesta quinta, em dois períodos e ao lado de seu preparador físico, Emanuel Cerqueira Bastos, 32, ele realizou trabalho físico técnico com os atletas e dialogou por várias vezes com o grupo na intenção de interagir e tê-los sobre controle.

- Não sou centralizador e gosto de compartilhar ideias. Estou buscando conhece-los melhor para implantar meu esquema tático com eficácia. Hoje treinamos intensamente a linha de passes com os jogadores – destacou o comandante.

No treino dessa tarde, para principio um aquecimento especifico dirigido pelo preparador Emanuel, em seguida nada mais que algo para observação técnica e física, o técnico Léo Goiano visualizou sua primeira impressão em relação aos jogadores. O treinador do Leão da Vila Municipal trabalhou o toque de bola do meio para frente, organizou os zagueiros e reuniu o plantel para uma conversa básica.

Com o curto tempo até o próximo jogo, o clássico contra o Rio Negro, neste sábado (18), Léo Goiano reconhece que só terá total conhecimento do elenco durante os próximos jogos. “Venho de outro mercado. O grupo tem qualidade, mas todo treinador precisa de um jogo para avaliar melhor. Sei que tem muito jogador da base, que têm qualidade, mas se for necessário a gente pode reforçar”, considerou.

Sobre sua estreia no jogo de sábado diante do Rio Negro, no clássico Rio-Nal, Léo disse, a priori, que manterá algumas coisas do trabalho que foi feito pela ultima comissão técnica.

- O importante é a gente conservar as coisas boas feitas pela ultima comissão. Haja visto que os números são bons. Sabemos que o trabalho crescerá dia a dia e as elevações serão observáveis. Agora, quero montar um grupo de atitude, que mostre ambição e que chegue ao fim do campeonato - enfatizou.

PRESSÃO DA TORCIDA

Goiano destacou que está preparado para encarar a torcida em seu primeiro compromisso no próximo sábado. E que sabe da responsabilidade e da pressão que poderá sofrer.

- Sei que haverá pressão, pois clube grande é assim mesmo. A torcida gosta de resultado, de futebol atrativo. Neste primeiro momento não vai dar pra termos este futebol vistoso, mas vamos trabalhar para deixar a torcida satisfeita. Sem a torcida não somos nada e ela pode esperar um treinador que veio para trabalhar – concluiu.

Fontes: http://globoesporte.globo.com/am/noticia/2012/02/goiano-faz-trabalho-fisico-tecnico-em-primeiro-dia-no-comando-do-naca-am.html / http://d24am.com/esportes/futebol/tecnico-do-nacional-diz-que-nao-aceita-interferencias/50593 / FUTEBOLAMAZONENSE.COM.BR

 

©Copyright 2009 Futebol Amazonense | TNB